O MANCHESTER CITY DE ROBERTO MANCINI


Horas após demitir Mark Hughes o Manchester City agiu rápido e contratou o tri-campeão italiano pela Inter de Milão, Roberto Mancini. O técnico italiano não terá vida fácil para implantar sua filosofia de trabalho nos “Sky blues”, além dos já conhecidos problemas de adaptação, pela mudança de país e idioma, Mancini terá que montar uma nova comissão técnica, já que a antiga foi demitida junto com Hughes.

Fora isso, o vitorioso treinador terá que quebrar a cabeça para usar o seu esquema que deu muito certo nos tempos de nerazzuri, um 4-1-2-1-2 que variava para o 4-3-1-2 às vezes, isso porque as peças do City são totalmente diferente das peça que Mancini tinha na Inter.

O time base que levantou o “scudettopor três vezes consecutivas era: Julio César; Maicon, Córdoba, Materazzi e Maxwell; Zanetti, Cambiasso, Vieira e Stankovic (Figo); Ibrahimovic e Adriano. A defesa tinha dois laterais que apoiavam com freqüência, Javier Zanetti fazia a função de volante pela direita, Cambiasso era o volante mais preso e Vieira atuava pela esquerda. Stankovic era o armador, mas se revezava com Luis Figo; no ataque Adriano e Ibra-cadabra.

Para jogar assim no Manchester City, Mancini terá que abrir mão de jogadores que vem apresentando um bom futebol para fazer apostas pontuais, pelo menos por enquanto.

O time jogaria com: Given; Zabaleta (Richards), Lescott, Touré e Bridge (Sylvinho); Barry, De Jong, Kompany e Ireland; Tévez e Adebayor. O sistema defensivo não deve ser alterado, a não ser por opção tática. Barry jogará de volante pela direita, De Jong jogará como cabeça de área, na função que Cambiasso fazia na Inter. Kompany terá que ser o volante pelo lado esquerdo. Como não tem um meia, o italiano terá que apostar em Ireland como único armador. No ataque creio que ele deva apostar em Tévez e Adebayor.

Quando eu disse ao menos por enquanto, quis me referir ao fato de que em Janeiro o clube deverá abrir os cofres durante a janela de transferências e Mancini poderá indicar quem bem entender. Acho que ele não precisará sair como louco atrás de reforços, basta buscar dois bons alas, um bom volante e principalmente um meia para armar a equipe.

E você, concorda comigo? Se sim ou se não deixe o seu palpite na caixinha. Ou não.

Uma resposta to “O MANCHESTER CITY DE ROBERTO MANCINI”

  1. Yago Talles Says:

    Apesar de ter um ótimo elenco a sua disposição, Mark Hughes não conseguiu fazer um bom trabalho no Manchester City. Considero ele um péssimo treinador de futebol, agora com Roberto Mancini a equipe de Robinho, Adebayor e Tévez tem tudo para chegar a Liga dos Campeões e na próxima temporada entrar mais forte na briga pelo título da Premier Liga.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: